Garanta sua segurança jurídica com contratos personalizados feitos de forma 100% online

Marketing Jurídico criando estratégias para escritórios de advocacia

Marketing Jurídico: entenda sobre!

O marketing pode parecer uma área restrita ao setor de mídia, mas é presente em vários segmentos. Como o marketing jurídico, focado nos serviços de Direito.

O marketing serve para comunicar, anunciar ou oferecer um produto ou serviço. Pode parecer uma área restrita ao setor de mídia, mas é presente em vários segmentos. Como o marketing jurídico, focado nos serviços de Direito.

Contudo, em alguns segmentos, alguns cuidados são necessários para realizar a devida divulgação, respeitando normas de órgãos reguladores para trazer mais transparência e padronização aos processos.

Na prática, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) é quem regulamenta e regulariza o marketing jurídico.

Essa é uma atividade autorizada, desde que algumas práticas sejam respeitadas, e representa oportunidades diversas para o posicionamento e reconhecimento dos escritórios de advocacia e serviços jurídicos.

Por isso, para obter melhores resultados e alinhar as ações às diretrizes e normas da OAB, é necessário aplicá-lo de forma consciente e cuidadosa, observando as regras. 

Acompanhe este texto e entenda o que é marketing jurídico, sua importância e os benefícios da prática.

O que é marketing jurídico?

Basicamente, o marketing é qualquer estratégia destinada a lucrar e divulgar produtos e serviços. Pode se aplicar, ainda, ao reconhecimento e melhoria da imagem da marca.

Para que essa estratégia funcione, ela deve ser baseada nas necessidades e desejos do público-alvo, destacando as informações necessárias para uma tomada de decisão, por exemplo.

Deste modo, o marketing jurídico é, assim, um conjunto de estratégias que os advogados e sociedades de advogados podem utilizar para ganhar visibilidade junto aos seus públicos. 

Os esforços devem estar centrados na especialidade de atuação desse profissional, de modo a trazer relevância e autoridade, mas proporcionar valor àqueles que pesquisam sobre o assunto.

Esta é também uma forma de divulgar os serviços e ganhar presença relevante e instrutiva no mercado.

Qual a importância do marketing jurídico?

Para ter sucesso, o escritório de advocacia precisa conquistar clientes, ter visibilidade no mercado e ser reconhecido. 

Contudo, isso precisa ser feito de forma estratégica e centrada nas demandas e dúvidas dos potenciais clientes.

O marketing jurídico torna possível atingir esses objetivos. Graças ao marketing digital, é possível gerar notoriedade para o seu escritório e progredir na carreira de forma ética e efetiva.

Dessa forma, permite que a organização se torne competitiva e torna os profissionais autoridades no ambiente profissional.

Conheça mais sobre os benefícios de investir em marketing jurídico agora.

Competitividade no mercado

Uma boa prova do sucesso do marketing voltado para o Direito é quando o público prefere confiar no seu trabalho a correr o risco de contratar outro advogado.

Quanto mais você trabalhar sua imagem e a de seu escritório estrategicamente, melhor será sua reputação perante os clientes e concorrentes.

Para isso, é importante desenvolver materiais educativos para a audiência, abordando, por exemplo, alguns direitos do consumidor, caso essa seja a especialidade em que atua.

Melhora o relacionamento com o cliente

Marketing é relacionamento – e um bom relacionamento é a forma mais eficaz de reter clientes.

Colocar em prática estratégias legítimas te aproximará do público-alvo e transformará os clientes em admiradores do seu trabalho.

Perceber todo o potencial de um bom marketing jurídico requer tempo e pensamento estratégico no planejamento e execução, o que pode ser alcançado em parcerias com profissionais especializados no planejamento de comunicação.

Atrai negócios melhores e mais adequados

O boca a boca ainda é uma prática muito comum na captação de clientes, mas não é o único caminho, e pode não ser o melhor para a sua prática.

Implemente estratégias que permitem alcançar mais pessoas e adquirir um público com maior probabilidade de fechar uma transação. 

Essa segmentação é possível em diversas plataformas online, como as redes sociais, permitindo atrair públicos mais qualificados e que demonstraram necessidade/dúvida na área de atuação de forma mais específica.

Além disso, os clientes em potencial saberão um pouco sobre seu domínio e foco de atuação e entenderão como você e seu escritório se comunicam.

Ao aplicar a estratégia certa, o advogado atrai os perfis das pessoas que melhor se adequam ao seu modelo de trabalho. Portanto, vale a pena investir na construção de um bom marketing jurídico.

Aproxima das metas

Investir em marketing jurídico é uma maneira de acelerar as metas de crescimento de uma empresa.

A partir do planejamento da estratégia do seu escritório de advocacia em torno dos objetivos gerais, é possível realizar ações que muitas vezes o aproximam do sucesso desejado.

Quanto maior a sintonia entre os objetivos e o marketing, maior a probabilidade de serem alcançados.

Dicas de marketing jurídico

Para finalizar, confira algumas maneiras de aplicar o marketing jurídico com excelência.

Defina seu público-alvo

Definir o público é fundamental para saber como você vai se comunicar para fazer com que sua mensagem chegue às pessoas certas e com a linguagem certa.

Nesse movimento, identificar os pontos problemáticos do seu cliente em potencial é fundamental!

Olhe para eles, entenda o que esperam de você e proporcione exatamente as informações e o serviço que eles esperam – e ainda mais.

Tenha objetivos claros

Um erro muito comum cometido por profissionais de marketing jurídico é não saber qual o objetivo das campanhas e os limites das ações.

Você não pode ter um blog apenas para escrever. Se os posts não forem segmentados, você não verá nenhum resultado.

Toda comunicação tem um propósito, e se você não souber qual é, não saberá se está fazendo certo ou errado.

Lembre-se que alinhar os objetivos às diretrizes da OAB, como conteúdos que tem como objetivo principal educar o internauta, é crucial para determinar um calendário, forma de abordagem e traçar uma estratégia efetiva.

Crie uma mensagem

Depois de conhecer seu público e saber qual mensagem deseja transmitir, é hora de criá-la.

Aqui, uma ressalva: lembre-se de não fazer propaganda, mas fornecer conteúdo informativo para seus clientes. Ou seja, você precisa entregar conteúdo informativo para:

  • Produzir conhecimento jurídico;
  • Construir autoridade;
  • Agregar valor ao público;
  • Ganhar a confiança das pessoas.

 

Essa é uma introdução para o marketing destinado a serviços jurídicos. Atente-se ao regulamento da OAB para não realizar práticas reprováveis e veja sua relevância e autoridade no mercado começar a se desenhar.

Artigos Relacionados