Faça seu contrato personalizado agora mesmo!

Advogado virtual

Com calcular o IR do recebimento dos seus aluguéis?

Começamos esse artigo falando brevemente sobre as principais regras que incidem sobre o imposto de renda sobre o recebimento de aluguéis.

Os aluguéis recebidos de pessoas físicas abaixo de R$ 1.903.98 ao mês serão isentos de pagamento de imposto de renda.

Caso o proprietário seja responsável pelo pagamento do IPTU e taxa de condomínio do imóvel alugado, o proprietário deverá deduzir essas despesas do valor do aluguel recebido, dessa forma diminuindo o imposto a pagar.

A alíquota para ganho de capital com aluguéis para pessoa física segue a tabela progressiva abaixo. Lembrando que as faixas são definidas não apenas pelo rendimento com aluguel, mas com outros rendimentos que possua também.

 

Base de cálculo (R$)

Alíquota (%)

Parcela a deduzir do IRPF (R$)

De 1.903,99 até 2.826,65

7,5%

R$ 142,80

De 2.826,66 até 3.751,05

15%

R$ 354,80

De 3.751,06 até 4.664,68

22,5%

R$ 636,13

Acima de 4.664,68

27,5%

R$ 869,36

 

Veja abaixo o exemplo para ter uma visão melhor do cálculo.

 Exemplo prático 

Para ajudar no entendimento, vamos simular um cenário de recebimento de aluguel.

Nesse cenário hipotético, você possui um apartamento e recebe de aluguel R$ 5.000,00, sendo responsável pelo pagamento do IPTU (R$ 450,00 por mês) e condomínio (R$ 750,00 por mês).

 

Cálculo do Importo de Renda de Aluguel

Segue abaixo o cálculo para elaboração da base de cálculo:

Aluguel (R$ 5000) – IPTU (R$ 450,00) – Condomínio (R$ 750,00) = R$ 3.800

Para o mesmo cenário acima, também é possível deduzir valores referentes a dependentes. Vamos supor que você possui 1 dependente. Logo, a nova base de cálculo será:

Aluguel (R$ 5.000) – IPTU (R$ 450,00) – Condomínio (R$ 750,00) – Dependente (R$ 189,59) = R$ 3.610,41

Além desse valor, você recebe um rendimento adicional ao mês de R$ 7.000 de outras fontes.

Logo, a base de cálculo atual (R$ 3.610,41) será somada ao rendimento adicional que possui para determinar a alíquota que incidirá sobre o seu rendimento com aluguel.  No caso, seu rendimento total será de R$ 10.610,41.

Baseado no seu rendimento total, será aplicada a alíquota de 27,5% de acordo com a tabela progressiva acima.

A última etapa será o cálculo do IR e a parcela dedutível da faixa de base de cálculo:

Base de Cálculo (R$ 3610,41) * 27,5% = R$ 992,86 – R$ 869.36 = R$ 123,47

Seu IR a pagar será de R$ 123,50 por mês e seu aluguel líquido será de R$ 3.676,50

Há outras deduções possíveis e falaremos mais sobre o assunto nos próximos parágrafos.

Nosso parceiro Somas, faz o cálculo gratuito para o proprietário pessoa física: https://somas.io/imposto-aluguel

 

 

O que é possível deduzir do IR referente aos rendimentos com locação de imóvel

A dedução do imposto de renda refere-se ao possível abatimento de despesas em sua declaração do imposto de renda.

Estão inclusos gastos ou despesas que você obteve ao longo do ano que ao serem declarados, possivelmente irão reduzir o quanto pagará de impostos ou permitir que você receba uma restituição.

Gastos realizados em saúde, educação, doações, pensão, previdência privada ou com dependentes, são passíveis de dedução na sua declaração do IR – mas é necessário observar quais gastos, dentro dessas categorias, podem ser deduzidos.

Fique ligado para ter em mãos todos comprovantes e documentos para conseguir deduzir seus gastos.



Deduções no Imposto de Renda

Existem 2 tipos de dedução que podem ser incluídas no IR:

Gastos dedutíveis: eles reduzem a base de cálculo do imposto. Em outras palavras, tudo o que declarar aqui diminui o montante total sobre o qual é aplicada a alíquota do imposto.

Por exemplo: uma pessoa cuja renda mensal é de R$ 12 mil está na faixa mais alta de tributação do IR, de 27,5%.

Depois de todas as deduções serem aplicadas, o valor da renda bruta (sobre a qual incide o imposto) cai.

Isso faz com que a alíquota do Imposto de Renda fique menor – neste exemplo de 15%.

 

Deduções do imposto devido

Esse tipo de dedução reduz direto o valor do imposto a ser pago:

 

  1. Gastos dedutíveis

 

Saúde

Gastos com consultas particulares, médicos, hospitais, cirurgias plásticas relacionadas à saúde, tratamentos dentários (exceto clareamento dental), fisioterapia, tratamentos psicológicos e psiquiátricos, exames, tratamento de saúde no exterior, plano de saúde, próteses e despesas com cadeira de rodas podem ser abatidos do IR.

 

Educação

É possível deduzir do Imposto de Renda os seus próprios gastos com educação e os de quem você declarar como dependente. Porém, é preciso seguir os critérios do que a Receita aceita dentro dessa categoria.

Só podem ser deduzidos gastos relacionados à: educação infantil,(creches e pré-escolas); ensino fundamental; ensino médio; educação superior, compreendendo (graduação, pós-graduação mestrado, doutorado e especialização); e educação profissional (ensino técnico e o tecnológico).

Essa categoria possui limite de R$ 3.561,50 por pessoa e válido apenas para despesas com educação formal.

 

Previdência privada

Contribuintes que têm plano de previdência do PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre) podem reduzir a base cálculo do IR em até 12%. O mesmo não vale para os planos VGBL (Vida Gerador de Benefício Livre).

 

Dependentes

Cada dependente que entra na declaração do contribuinte garante uma dedução de R$ 2.275,08 por ano na base de cálculo de seu imposto.

 

Contribuição ao INSS

Todo o tipo de contribuição à previdência social, seja descontada da folha de pagamento do trabalhador registrado ou recolhida pelos autônomos, é dedutível na declaração.

 

  1. Deduções do imposto devido

Doações

As doações feitas a fundos municipais, estaduais e federais podem deduzir em até 6% o imposto devido.

 

Aluguel

Existe um caso específico em que é possível deduzir o aluguel recebido, o da sublocação.

É configurada como sublocação quando você aluga um imóvel para alugá-lo para outra pessoa.

Por exemplo: você paga R$ 1.000 pelo aluguem e aluga para um terceiro por R$ 1.500; você pode deduzir o valor que pagou do rendimento, que, neste caso, seria de R$ 500.

 

 

Artigos Relacionados